segunda-feira, 14 de maio de 2012

Reflexões no dia das mães

Ontem foi meu segundo dia das mães como mamãe!
O primeiro eu estava bem deslocada ainda...rsrs.
Aqui em casa não existe mais comemoração desta data... marido perdeu a mãe em março passado, pra ele é doloroso, por isso nem cobro nada dele, pois ele nem menciona nada.

Mas ontem fui fazer uma prova de um concurso no qual em increvi, saí no domingo de manhã às 06:40 de casa e perdi em meus pensamentos devagando sobre essa vida de mãe que me acompanhrá para o resto de minha vida! Sim, porque a partir do momento que nos tornamos mães, tudo muda, e muda para sempre, não só enquanto eu existir, mas agora é para a eternidade, pois estarei presente em minha filha, meus netos, bisnetos...
No horário em que saí havia muitas pessoas voltando da balada, da noitada e tal, e lembrei de quando eu fazia isso.

Fiquei pensando e me perguntei se sinto falta de alguma coisa da minha vida, antes da Isabella.
Percebi que:
Não sinto falta de perder uma noite interinha de sono por causa de uma balada;
Não sinto falta de gastar de 100,00 a 200,00 só pra sair numa noite;
Não sinto falta de voltar super cansada e perder o domingo inteiro dormindo, e ainda acordar dolorida;
Não sinto falta de andar com o pessoal que não pensa no futuro, não está nem aí pra nada;
Não sinto falta de ouvir conversa de bêbado;
Não sinto falta das loucuras que fazia. Na verdade guardo boas lemnranças sim, mas são coisas que ficaram no passado e que não reviveria. Foi um tempo bom, curti, e passou. Agora minha curtição é ser mãe.

Quando digo que sou feliz por estar com minha filha é algo mesmo sincero. Não fico pensando que em algum momento ela me privou de algo bacana, que deixei de viver certas coisas por ser mãe jovem. Na gravidez até pensei que sentiria falta de muita coisa, mas o amor que uma mãe tem por um filho é maior que qualquer sensação maravihosa que exista.



Mas tentei encontrar algo de que realmente sinto falta: de estudar. Estou com saudade de estudar, mas ao mesmo tempo acho mais gostoso passar esse tempo com minha filha linda. Já trabalho fora, então meu tempo disponível é dela, o tempo vai passar, na verdade sinto ele voar, e o crescimento dela é algo maravilhoso de se ver.

Penso até em fazer um curso à distância, mas como já relatei em outro post que não estou dando conta de tantas funções ao mesmo tempo, mais uma só ia me fazer dedicar menos às outras! rsrs

Bom, meu dia das mães foi muito bom. Bella está bem e isso é minha felicidade nº1. Minha felicidade nº2 é que tenho minha mãezinha, minha felicidade nº3 é que recebi uma notícia muito bacana de uma amiga querida (tb mãezinha), e minha felicidade nº4 é que tenho como amiga essas tantas mães que visitam esse cantinho, nossas amigas de verdade, à quem quero tão bem!

Por falar em amiga de verdade, recebi um vídeo de dia das mães feito especialmente pra mim, da amiga Samanta (etrenizando momentos). Me emocionei muito, ela colocou a música que escuto desde a gravidez, e a Bella já conhece e se acalma com ela, olha que lindo:

video


Espero que o dia das mães tenha sido maravilhoso para vocês! Boa semana!

8 comentários:

  1. Amiga, que linda homenagem!! Parabéns pelo seu dia! Acredito que logo, qdo a Bella entender o significado desse dia, seu esposo voltará a comemorá-lo. Bjsss

    ResponderExcluir
  2. Lindo, tb não sinto falta das baladas, to curtindo mtu ser mamãe! Bjjss

    ResponderExcluir
  3. Eh amiga quando nos tornamos mãe nada mais importa!
    Bjos..

    ResponderExcluir
  4. No começo é tudo muito confuso, difícil, mas mesmo assim não trocaríamos nada pelo prazer de termos um serzinho lindo fofo e cheio de saúde para amar e cuidar!!Sensação indescritível!!

    ResponderExcluir
  5. Ahh, fiquei sem jeito agora... hehe.
    Postar o vídeo aqui no seu cantinho lindo!! Obrigada flor!! ;D
    Ahhh... eu tbm não sinto saudades de quando ninguém dependia de mim! rsrs. AMO ser Mãe! É cada emoção... acabei de ler no seu face que vc recebeu o cartão do dia das mães da escolinha e ja se emocionou... vc vai ver quando ela começar a fazer as apresentações da escola, os trabalhinhos... nossa, a gente morre de orgulho, sem contar as lágrimas que rolam... hehehe.
    Beijãoo amiga!!!
    :D

    ResponderExcluir
  6. Ahh, fiquei sem jeito agora... hehe.
    Postar o vídeo aqui no seu cantinho lindo!! Obrigada flor!! ;D
    Ahhh... eu tbm não sinto saudades de quando ninguém dependia de mim! rsrs. AMO ser Mãe! É cada emoção... acabei de ler no seu face que vc recebeu o cartão do dia das mães da escolinha e ja se emocionou... vc vai ver quando ela começar a fazer as apresentações da escola, os trabalhinhos... nossa, a gente morre de orgulho, sem contar as lágrimas que rolam... hehehe.
    Beijãoo amiga!!!
    :D

    ResponderExcluir
  7. Acabei de conhecer seu cantinho através da Mari,me emocionei com seu texto,me identifiquei em vários momentos com ele,fui mãe as 21 agora tenho 22 e e não posso viver muitas coisas que minhas amigas estão vivendo,mas sabe de uma coisa,também não sinto falta nenhuma,a Giovana é capaz de preencher todo e qualquer espaço na minha vida....e por fim como não se apaixonar pela sua pequena Isabella( ia ser o nome da minha filha)ela é linda de viver.
    Bom,já vou ficando por aqui pra conhecer um pouco mais da história de vcs...um abraço;

    ResponderExcluir
  8. Lindo vídeo Cláudia, emoção genuína! bjo.

    ResponderExcluir

COMENTE!!! Deixe sua experiência, sua opnião, um "xero" pra nós!