segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Novidades de fim de inverno

Novidades:
Gá perdeu mais um dentinho, o primeiro da arcada superior. Já estava nascendo outro no lugar e por isso caiu, a delicadeza dela é tão grande que ela não mexe no dentinho e ele demora muito a cair.

Ela é um docinho, mas também se estressa, fala umas vezes ao dia que não gosta de mim; e outras mil que não gosta da irmã... mas ama ela de paixão, eu sei.

 Reclama quando tem que esperar, reclama quando não consegue o que quer, chora se perde a brincadeira... está complicado para ela lidar com frustração. Converso muito e estou tentando fazer atividades que demandem tempo, dias, para que ela se acostume que tudo tem seu tempo.

Está com muita vontade de ser alfabetizada, então anda tentando ler qualquer pequena palavra que encontra, essa curiosidade é boa, me enche de orgulho ver esse interesse dela.

Isadora está desfraldando! A escola eu e a cuidadora iniciamos esse processo a muito tempo já, mas ela mesma começou agora. Neste último feriadão conseguiu fazer o xixi e cocô no penico, até a fralda amanheceu seca um dia, porque ela fez antes de dormir e depois ao acordar, no penico. Na escola acho complicado porque ela não consegue sentar e manter os pés no chão, ela tem medo de cair, então fica sem autonomia.

Continua bem estressadinha, nervosinha, demandante... ainda deito com ela todas as noites para que ela adormeça, demora muito a dormir, durmo primeiro que ela e fica tudo por fazer em casa! Fora que acabo sem aquele tempinho pra mim. Após ela estar 100% desfraldada quero iniciar o processo dela adormecer sozinha. Tentei ficar apenas deitada na cama mas com ela isso não rola.
O jeito estressada dela de impressiona as pessoas... e sempre a nossa resposta é “ela é assim mesmo, normal pessoal...”

Ficou bem por cerca de 2 meses, depois de tanto antibiótico o tratamento alternativo a deixou com imunidade melhor. Mas na semana passada pegou uma escarlartina e ainda está terminando o antibiótico. Muita febre, manchas no corpo, bolinhas na boca, parecia bem inchada, sem apetite... e Isadora tem um ótimo apetite, só doente mesmo para não comer.

Ambas estão com um interesse enorme por celular, joguinhos e vídeos. Eu o e pai compramos celulares novos, então agora que tudo funciona elas estão interessadíssimas. Mas não gosto dessa dependência toda da tecnologia.
Dia das crianças elas pediram uma casinha e boneca. Vou comprar de madeira, e assim podemos pintar, decorar, fazer cortininha, toalha... será uma brincadeira que todos nós iremos curtir, e a parte de manutenção da casa é do papai!

Voltei ao mercado formal de trabalho em abril/2016 e já quero me despedir dele... quero viver mais com minhas pequenas... Percebo que ela tem pouco ou nenhuma atividade física, e isso péssimo. Percebo também que elas estão ficando parecidas com a cuidadora, com hábitos e chavões dela... a convivência em família é pequena, e isso é triste.
Já me conformei em abrir mão de estabilidade, segurança financeira, consumo em excesso. Demorei para chegar nessa certeza, e as vezes dou uma balançada. Mas o tempo que posso viver com elas é algo muito melhor que tudo isso para mim, hoje. Minha vontade de estar mais presente é maior que qualquer empecilho. Estou estudando uma forma de trabalhar com minha experiência de forma autônoma, porque é o que mais desejo.

Voltei aos cachos.
Como meu cabelo está sem química (progressiva e afins) a 4 anos, resolvi deixar secar naturalmente. Gá estava com problemas para aceitar os cachinhos dela e agora as duas iguaizinhas ficou mais fácil.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE!!! Deixe sua experiência, sua opnião, um "xero" pra nós!