terça-feira, 31 de julho de 2012

Como lidar com as birras?

Tenho lidado com a birra de duas formas:
Quando estou tranquila converso muito com e Bella, mesmo durante a crise/choro de birra, explico várias vezes e me mantenho calma para acalmá-la.
Quando estou sem paciência eu a ignoro, deixo-a chorar até se distrair com algo. Quando ela não se acalma sozinha acabo distraindo-a com qualquer outra coisa que ela goste muito, ou... acabo dando o que ela quer!

Ela tem episódios de birra pois motivos tão bobos... Ex: ultimamente ela quer ficar segurando um chumaço de algodão, fica cheirando e depois acaba colocando na boca, mas ela sabe que, se colocar na boca vai perdê-lo, aí tenta fazer escondido. Tento faze-la não querer o algodão, mas na troca de fralda ela já sabe que o usarei e faz um show para ganhar o algodão...

Fora as vezes que saímos e ela se joga pra trás, bate a cabeça na parede, se joga no chão e bate a cabeça no chão, e quando está no colo bate a cabeça contra a minha, acerta meu nariz e dói muito! Já até aprendi umas técnicas para me desviar da cabeçada maluca dela...
Mas ela anda se machucando quando está assim muito irritada, não sei se isso é normal.
Ela joga muito as coisas no chão, e se quer algo e demoro a dar ela simplesmente taca no chão também, como se dissesse: agora não quero mais!

Fiquei em dúvida se estava tendo ama atitude assertiva quando simplesmente mantenho a calma, mas não consigo controlar a situação. Claro que como mães queremos acertar sempre, mas por vezes podemos errar. E sei que tenho errado, e bastante. Falta-me pulso firme. Mas ao mesmo tempo acho ela tão nova para broncas... acho que ela está aprendendo a lidar com não conseguir tudo o que quer, e isso é frustrante, o que não posso é alimentar isso de, chorou e ganhou.

O que tenho lido diz que as crianças nessa idade começam a lidar com a frustração, e isso não é fácil. Eles agora entendem o NÃO e é complicado se controlarem quando querem algo. É uma fase mais complicada para alguns, mas em geral todas as crianças passam.

Para lidar com isso o melhor é sempre manter a calma. Explicar a criança a situação, e esperar que ela se acalme. Se for em público, levá-la para um lugar mais tranquilo até se acalmar.
Não compensar a criança com diversão logo após o episódio de birra (coisa que faço...)

Me pergunto se ela não está com problemas físicos, tamanho a chatisse que tem em alguns dias. Me questiono se algo à incomoda, porque tem dias que parece que tudo, tudo mesmo está ruim para ela. Tento evitar situações assim deixando que ela escolha certas coisas, deixo que ela participe na horta de comer, ela pega a colherzinha dela, mexe e remexe no prato, come com as mãos, faz aquela sujeira (mas desde que ela coma, tudo bem).


Seguem textos que achei interessante:

Birras: bebe.com.br

Birras de 1 a 3 anos: Baby center


10 dicas para lidar com a birra, fonte: Crescer
1. Por pior que seja o “espetáculo”, NUNCA, JAMAIS, em tempo algum bata no seu filho.
2. Antes de sair, previna-se de possíveis contratempos. Se vai ao supermercado, fale que a criança tem direito a escolher dois doces, por exemplo.
3. Não ceda às manipulações. Mostrar que birras não dão resultado é um jeito de desestimulá-la a repetir a cena.
4. Avise seu filho que só conversará com ele depois que ele se acalmar (e você também...).
5. Se precisar dar uma bronca na criança, espere ela terminar de espernear e explique por que está sendo punida. É importante que ela entenda o que fez de errado e, para isso, precisa estar tranqüila para conseguir ouvir o que você tem a dizer.
6. Não brigue com seu filho na frente de todo mundo; isso o fará se sentir humilhado.
7. Desvie o foco da criança. Mostre um objeto diferente, o cachorrinho passando na rua, o avião lá no céu... Use a criatividade!
8. Algumas vezes, por trás da birra existe uma criança com fome, sono ou carente. Se for esse o caso, responda pacientemente e faça um carinho. Às vezes, é só disso que ela precisa.
9. Simplesmente ignorar a birra também pode dar bons resultados. Respire fundo.
10. Se não tiver como conter o show no meio da loja, simplesmente pegue seu filho no colo e vá embora. Sem escândalos. Ele vai perceber que não adiantou nada e você evita o constrangimento.


E aí mamães, como têm lidado com isso?
Se ainda não passaram essa fase, como pretendem lidar?



Nem dá pra acreditar que faz tanta manha neh?


segunda-feira, 30 de julho de 2012

Afilhada virtual: Isadora!

Descobrimos que o bebezinho que a Samanta aguarda é minha afilhadA, a Isadora! Que nome lindo!
Já amo essa princesinha!

A sexta feira prometeu, mas tudo passou

Sexta-feira recebi uma ligação da escola.
Ligações da escola sempre me deixam de cabelo em pé, porque sempre ligam quando algo de errado acontece.
Bella ficou molinha o dia todo o vomitou 3 vezes à tarde... vomitou o almoço e a jantinha.

Já fui pra casa pensando que o final de semana ia ser chaaato pra minha pequena. Chegando em casa ela estava molinha, com fome, mas comecei dando apenas água. 30 minutos depois ela comeu fruta, dei laranja porque sempre achei boa pra enjoo. Ela comeu a laranja toda. Depois agarrou uma maçã na fruteira e comeu praticamente toda, e ficou bem.

Antes de dormir dei leite, mas ela estava com tanto sono que mamou 30 ml só. Dormiu, e dormiu bem à noite toda. Dormiu comigo porque tenho medo dela passar mal e eu não ver.
No sábado e domingo ficou bem, só com pouco apetite, comeu bem pouco, mas estava bem ativa.
Não levei ao médico porque ela só apresentou vômitos, mas que foram controlados, não teve febre e nenhum outro sintoma, já levei tanta bronca de médico do PS por levá-la sem grandes necessidades, que achei melhor observar em casa.

Deve ter sido algo que comeu e fez mal, as roupinhas dela que chegaram sujas da escola denunciavam que ela vomitou a comida mesmo, a fruta e o leite ela segurou (o pouco que tomou e comeu). Não sei se foi algo que ela comeu na quinta à noite em casa, ou o almoço da sexta, mas isso não importa, porque estamos sujeitos a encontrar uma bactéria aqui e alí em qualquer lugar. Espero que seja isso, e não algo mais grave. Vou ver se marco a pediatra pra essa semana, para verificar, porque ela anda comendo pouco,pouco mesmo.

E ontem ela falou: mã, mã, mã, mã... tá certo que foi num momento e birra, mas amei ouvir!!!!

O que ela anda tendo e muito é manha. Está bem chatinha, chora por qualquer coisa, mas isso é assunto pra outro post.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Dúvida feminina

Com que sapato eu vou?

Difícil decidir...

Já escolhi mamãe...


Agora só me ajuda aqui a trocar???
Bom, tivemos uma noite tranqüila, Bella dromiu bem. Resmungou no início da noite, se mexeu muito, mas dormiu até ás 07:00, bem à tempo de ir pra escola.


Estou ansiosa aguardando o resultado da US da Samanta, quero saber se meu afilhadinho será um príncipe ou uma princesa!

Estou pensando em levar a Bella pra ver a Galinha Pintadinha, no anhembi... o único problema é $$$.



Bom final de semana!

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Dia da Vovó e Madrugada na balada

Hoje é dia da Vovó!
Parabéns à todas as mães 2 vezes!

Ontem fizemos um cartãozinho para minha mãe:

Foi a forma que encontrei da Bella fazer algo pra vovó!
Peguei a idéia do blog da Dri: Aprendendo com Theo


E olha só a farra nessa madrugada, exatamente ás 04:40:
Isabella acordou duas noites seguidas de madrugada e fica muito desperta. Ás 06:00 ela resolveu dormir, mas aí já tava na hora de levantar...

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Isabella, leia quando estiver chateada comigo

Filha,


Existem coisas que você pode não entender agora. Atitudes da mamãe que parecem uma encheção de "saco", coisa de mãe chata. Você poderá entender algo quando começar e ler e puder extrair muito do que sinto por você aqui no blog. Mas certas coisas você só entenderá quando sair de casa, talvez quando for mãe, ou talvez quando eu não estiver mais de corpo presente contigo (mas sempre estarei contigo de alguma maneira).
Isso não é porque você é teimosa, egoísta ou não tenta me entender, isso é porque são fases na sua vida e a cada dia aprendemos mais, por isso acredito que a capacidade de entender certas coisas vêm com o tempo.


Pensei nisso tudo quando estava no trem, indo trabalhar de manhã.
Hoje, enquanto ainda és um bebê, converso muito contigo, mas também me imagino tendo várias conversas com você quando estiver maior, olho para você dormindo gostoso  me imagino dividindo muitas coisas contigo, imagino os bons momentos que virão, imagino as dificuldades, mas sei que passaremos por tudo.
Hoje, mesmo quando você faz birra e e irrita, ao invés de ficar nervosa, eu acho engraçado... é que perceber que você está crescendo, tendo opnião de demostrando seus desejos.
o amor que sinto por você é sem medidas, tanto que sempre estou disposta a ver o olhar reprovador das pessoas pelas traquinagens que você faz, ao invéns de te barrar, te agarrar no colo e evitar a meleca que você vai fazer.
Mas filha, à momentos em que preciso interferir em seu comportamento, que preciso dar bronca, que preciso interromper suas traquinagens... em especial aqueles momentos que podem te trazer algum risco, que você possa se machucar. Preciso interferir se você tira os brinquedos do Ozzy (são dele e você não tem esse direito) para que entendas que na vida o que não é seu você não deve pegar. Preciso interferir se você machuca alguém, pois devemos respeitar as pessoas, enfim, existem algumas vezes em que meu papel é ser "chata".
Mas aí, conforme seu ponto de vista for mudando, você vai entender que não fui chata, mas sim tentei te preparar da melhor maneira possível para o mundo.
Porque filha, o mundo é cruel!
Em geral ele pode ser bem bacana também, mas tem momentos que encontramos pessoas e situações difíceis, e que você terá que resolver sozinha, não estarei por perto para ajudar. Por isso o aprendizado do dia-a-dia comigo em casa, é chato, pois te prepara para as chatices do mundo aí fora.

Mas preciso reconhecer: ao tentar acertar (sim, as mães só agem tentando acertar) eu também errei, e continuo errando. Pois não existem fórmulas certas para nada nessa vida, nem mesmo quando envolve um amor tão grande assim.
Se errei filha, espero que você me ajude a melhorar, que me ajude a ser uma mãe melhor, uma amiga, companheira sua. Que nós possamos sentar e conversar, e resolver qualquer coisa pendente entre nós. Eu sempre lhe darei uma segunda chance, e espero que você também me dê.


Encontrei essa frase, e é assim que me sinto:


"Ser mãe é achar tudo lindo, tudo engraçado, tudo novo. É estar atenta as descobertas sem interferir muito. É aplaudir o acerto e ser firme no erro."


É bem assim filha...TE AMO.







terça-feira, 24 de julho de 2012

Ozzy machucou a Bella

Eu nem achei que isso não fosse acontecer... assim, já imagina que pudesse ocorrer.
Ozzy sempre rosnou para a Isabella, não gosta de seus carinhos, seus beijos e seus dengos com ele.
Penso que o Ozzy tem um ciúmes imenso da Gá, por isso essa chatice toda com ela.

E no último domingo ele acabou mordendo minha gatinha...
Deu uma mordida na bocheca dela, e um dos seus dentinhos afiados furou sua bochechinha. Foi um furinho bem pequeno, não sangrou, mas ficou vermelho e claro que doeu. Bella chorou bastante, mas 10 minutos depois já estava atrás do Ozzy, dando comida e brinquedos à ele.

Não tem jeito, ela o AMA muito!

E agora está na fase dos abraços...
Adora abraçar.

E como  Ozzy não tá a fim...


video

Agora é ficar com os olhos bem atentos, imagina se ele machuca os olhos dela?
Difícil controlá-los estando num mesmo ambiente.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Dormir no berço?


Já vejo na Bella que ela fica meio dividida com diversos assuntos, ela é indecisa como a mamãe (me tornei, pois não era).
Aí esses dias pela manhã, encontrei minha gatinha assim no berço, dormindo tranquilamente!





Dentro ou fora do berço?

Os dois!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Porquices da Gá e resposta da Escola

Olha as porquices mais recentes dessa menina moleka:
Porquices mais simples:
  • Comer ração do Ozzy- Ela sempre tenta me esquivar de mim para fazer isso...
  • Beber água do banho
  • Beber água do chuveirinho, no banho
  • Derrubar a mamadeira no chão e voltar a colocar na boca
  • Lamber as paredes (???)
  • Beijar o Ozzy
  • Mexer na terra a passar na roupa, cabelo e incluisve comer terra, folhas
  • Comer folhas, algodão, jornal...

Porquices mais complexas e nojentas:
  • Pisar no cocô do Ozzy e levar pela casa toda
  • Abrir o lixo da cozinha (ufa!) e comer o que estiver lá: cascas de frutas, papel, sementes...
  • Jogar um copo no vaso sanitário, e depois tentar pegá-lo (sim, ela encostou na água, sorte que eu estava limpando o banheiro e estava cheio de água sanitária, mas não deixa de ser nojento...)
  • Atolar as duas mãos no xixi recém feito do Ozzy (que o jornal não havia absorvido) e ficar brincando com isso


Eu tento evitar esse tipo de coisa, mas as porquices mais simples sempre rola, as mais complexas rolou uma vez, espero que eu evite as próximas...
Até pensei que ela tivesse verme, mas no exame de fezes feito recentemente não acusou nada!

***************************

E quanto á resposta das cuidadoras na escola:

Escreveram que: A própria Isabella se arranhou sozinha, e que eu deveria cortar suas unhas...

Eu SEMPRE cortei as unhas da Isabella toda semana e nunca tive um problema desse tipo. Uma vez ela fez um pequeno arranhão na face, e a berçarista dela me avisou que ela mesma tinha feito, mas era algo pequeno e ela me avisou o que tinha ocorrido.
Dessa vez ela estava com muitos arranhões, eram machucados mesmo.
Como uma pessoa vê a criança se machucando assim e não faz nada para ela parar, não intervir? A cuidadora está lá para CUIDAR não é mesmo?
Eu tirei fotos de como ficou, mas esqueci de trazê-las para publicar... só para mostrar que não é um arranhãozinho, são vários machucados em várias direções, não é coisa que se faz em uma coçadinha, em um segundo sabe?

Fiquei decepcionada com isso... com quem está com ela, com a escola.
Não vejo a hora da berçarista que gosto voltar! Pois ao menos ela é atenciosa, e me comunica as coisas.

Eu sei que para elas não é fácil cuidar de tantas crianças... e por isso eu jamais escolheria um trabalho desses, pois a responsabilidade é muito grande.

Muitas mães me fala: denuncia, tira da escola.
Não acho que seja caso de denunciar, foi falta de atenção, foi um erro, mas o ser humano é passível de erros, e tem inúmeras coisas que gosto na escola.
Tirar da escola: Bella está acostumada, imagina levá-la para um ambiente diferente? Imagina uma adaptação nessa fase de um ano? os choros, a falta de apetite, as doencinhas.... Fora a questão financeira, a distância... eu não tive muitas opções.
Muitos acham que estou sendo negligente com a situação, porque na verdade eu devo defendê-la de qualquer mal, me sinto mal por isso também, mas fico numa situação tão complicada...
Posso fugir dessa escola e encontrar problemas piores em outras.

Espero que esse tipo de coisa não se repita...

Bom final de semana à todos!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Machucado na Bella e em meu coração

Essa semana tá pesada!



No trabalho é um pepino atrás do outro e ontem percebi que a Isabella chegou da escola com um machucado.
Percebi no hora do banho, que ela tinha vários arranhões na região da fralda e na coxa, do lado esquerdo.
Na escola eles não dão banho, e como está um frio master ela fica de fraldas e mais duas calças, aí me pergunto: como ela se arranhou?

... Há a possibilidade dela ter se arranhado sozinha, mas para isso ela precisaria estar nua, pois nunca vi ela colocando as mãos por dentro da roupa ou da fralda.

Pior de tudo isso é que ninguém na escola me explicou nada, não enviaram nem um recadinho na agenda, para justificar. É impossível não terem percebido aquilo, pois quando chegou em casa percebi arranhões altos e alguns já com casquinha.

A Berçarista que mais gosto, que cuida dela, está em recesso por 15 dias, aí nessa época de julho eles juntam as turmas e se revesam para cuidar deles...

Se foi ela quem fez, se foi outra criança, se foi a própria professora que a deixou cair, ou algo assim, eu tentaria entender, o problema é que ninguém me explicou nada.

Enviei um recado na agenda para que as cuidadoras tenham chace de se explicar, mas se eu não ficar convencida irei conversar com a coordenadora.
Vontade de largar tudo e ir criar minha filha no interior...
Não sou de fazer melodramas, mas não aceito coisas mal contadas, referente à minha filha.
Eu entendo se algo aconteceu, só quero saber o que se passa.

Volto para dizer a resposta da escola.

Serei Dinda!!!!

Hoje li uma linda postagem no blog da Samanta, mãe do Vítor e barrigudinha, esperando o meu afilhado (a)!
Sim, recebi o convite para ser Dinda, pela primeira vez serei dinda virtual.

Olha que linda postagem: Blog da Sá

Estou emocionada...
Se tivesse uma foto dela com a barriguinha eu publicava, mas ela ainda não nos presenteou com a fotinho!





quarta-feira, 18 de julho de 2012

Come, cospe, come, cospe

Bella coloca muita coisa na boca, e depois cospe tudo:


Quando já está cheia e não quer mais, ao invés de virar o rostinho, dizer não, ela coloca na boca e depois cospe.


Quando enche demais a boca, ela costuma brincar muito com a comida, colocando muita coisa na boca e depois cospe.


Quando ela está comendo algo e vê outra coisa que quer aí ela cospe o primeiro pra pegar o segundo, ela não mastiga e engole.

Mesmo que seja algo que ela não goste, ele coloca na boca, mastiga e cospe, aí coloca mais uma vez, e cospe, e outra e cospe...

Não existe uma refeição em que não tenha um episódio desses....

Acontece isso com suas crianças também?

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Amo os animais!

Depois de um final de semana gelaaaaado, começa mais uma segunda-feira daquelas, com garoa (SP) e sem feriados tão cedo....rs


Bella ama os animais!
Ao menos quer eles bem pertinho dela.
Ela convive com o Ozzy (cachorro) e com um aquário de peixes (3) marinhos.
Na casa da avó ela corre atrás de uma gata.


Para ela, animal merece seu abraço, e por isso ela corre para os cachorros (mesmo que for um pitbull), gatos, pássaros, pombas....


O Ozzy não gosta dos seus abraços, então nós seguramos ele pra ela abraçar...rs

Ela adora os animais!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Jantar Chinês

Dia 08/07/2012 Bella experimentou comida chinesa, e gostou.
Comeu risoto (em casa ela não come arroz) e yakissoba.



Esqueci de tirar a foto dela comendo... só sobrou os pratos vazios...

Bom final de semanaaaaa!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Escovando os dentes- Pasta sem flúor

Até nisso eles colocam a galinha pintadinha: na pasta de dentes!
Nem preciso dizer que a Bella adorou a idéia neh?


Eu comprei uma escova de dentes pra bella desde os seus 8 meses, comprei um gel dental infantil, mas que continha flúor, e acabei nem usando.
Mas esse final de semana achei essa pasta da Oral Gfit, sem flúor e da Galinha pintadinha. Comprei, e estamos escovando os dentinhos com ela.
Não vou dizer que ela ajudou, pois a Bella continua não gostando de escovar...

Mas sou mãe, e não desisto nunca!

******************

Estou com uma dúvida:
A Pediatra da Bella receitou a vacina varicela (catapora) mês passado.
Ela teve infecção urinária e acabei deixando a vacina pra depois.
Na escola dela duas crianças pegaram a catapora, aí fiquei preocupada.
Não sei se levo ela para tomar a vacina, pois daqui 20 dias ela deve tomar várias vacinas de 1 ano e 3 meses....






quarta-feira, 11 de julho de 2012

Novas da Isabella

Isabella já limpa a casa!
Ela passa a esponja no chão, assim como eu faço, pra tirar as manchas mais pesadas.
Mas não é trabalho infantil não, é trabalho voluntário ein?


Ela já calça o sapato (tenta), pega o sapatinho e leva até o pé, aí não consegue sozinha e pede pra mamãe colocar.


Ela penteia seus cabelos, assim como mamãe faz com ela.


Quando ofereço algo que ela não quer ela já responde com a cabeça o não.


Ela faz carinho no Ozzy como nós, sempre vai direto na cabeça.


Na última sexta-feira ela me viu passando perfume. Pediu o frasco, eu dei, e ela passou o dedinho no frasco, passou na barriguinha, depois passou no frasco, e passou no cabelo...


Ela dança a letra do pintinho amarelinho, ela faz o gesto "aqui na minha mão, na minha mão!"

Fica andando pela casa pra lá e pra cá sem rumo, adorou isso de saber andar!



Consegui fazer maria-chiquinha!!!! (Domingo 08/07)


Ela de pantufas ontem à noite... uma graça vê-la andando com elas...


terça-feira, 10 de julho de 2012

Troninho - Qual a hora do desfralde?

Na verdade esse post é sobre o que penso do desfralde, como iremos fazê-lo (ao menos como pretendemos) e gostaria de receber dicas das mamães de como fazê-lo da melhor forma.

Dei uma lida por aí sobre o desfralde para chegar à algumas conclusões, não pesquisei muito então não vou mencionar as fontes pois vou falar como pretendo fazer com a Bella.

Primeiro, ansiosa, comprei o troninho. Podia ter esperado mais, pois na verdade não vou começar o processo de desfalde agora, mas achei que ela poderia ir se acostumando com ele...


Esse é o modelo, comprei no site da Wall mart, por 27,00, recebi em dois dias, prático.

Penso em fazer da seguinte forma:
Quero acostumá-la ao troninho, sentando nele de roupa mesmo, para ela pegar segurança. Depois dessa etapa quero colocá-la lá para fazer o nº2, porque ela sempre faz a caretinha quando faz, e aí é só tirar a fraldinha e colocar ela lá, sempre pra fazer o cocô. Depois que ela entender que o cocô é ali aí explicaria que o xixi também é alí, mas para isso ela precisa já falar xixi/cocô ou ter dado um nome para isso, para que possamos nos comunicar.
Por enquanto Bella não fala quase nada, então sem chance de ensinar isso por enquanto.

Outro fato é que estamos na época do frio,  em SP está geladinho, então vamos aguardar o verão para facilitar, e quem sabe até lá a Bella já não fale alguma coisa.

Por enquanto ela gostou dele, é musical, então ela vive tocando a musiquinha nele, problema é que ela abre a tampa e fica jogando as coisas lá, preciso ensiná-la que alí não é brinquedo...rsrs

E antes de começar pra valer o desfralde preciso:

  • Conversar com a escola, verificar se eles auxiliam no processo;
  • Conversar com a pediatra, pedir sua opnião;
  • E ouvir a opnião dazamigas mães. Por isso, comentem!

Mais pra frente venho falar do desfralde, ok?
Por enquanto, o fato é que não estou com pressa, porque sei que é cedo, então espero que a transição seja calma.


quinta-feira, 5 de julho de 2012

O relacionamento da Bella com o mundo

No início de 2011 Bella estava sossegada na barrigola da mamis, protegida, alimentada.
Em 1º maio/2011 Bella nasceu, e aí teve que se deparar com esse mundo doido: onde a temperatura muda, passou a sentir frio/calor, onde é necessário algum esforço para se alimentar (achar o seio) ao menos, aquela claridade toda no rostinho, e quando vêm os flashs de câmeras então, aquele barulho todo, muita movimentação!
Imagina quantas mudanças cada bebê passa ao nascer...


E com o tempo ela foi entendendo como tudo funcionava, eu ditei ás regras à ela, ela ditou as dela para mim, e ajustamos a nossa rotina familiar.
Na fase inicial seu contato maior era com a mamãe! Eu devia ser para ela um peito e só...rsrs, depois era sua naninha, seu bercinho, seu porto seguro.
Depois vêm o relacionamento com o papai, os primeiros sorrisos foram pra ele...


E após essa fase inicial das necessidades básicas estamos na fase da comunicação efetiva, do relaciomento com o MUNDO, sim, porque agora Bella tem sua segunda casa, a escola, tem passeios aos finais de semana....


Não sei bem o que escrever nesse post pra falar a verdade, mas queria registrar como a Bella se comporta com as pessoas mais próximas:


Mamãe: Se algo de ruim acontecer, se assustar, tiver dor, sono, é sempre mamãe. Nós brincamos muito e muitas vezes ela me cobra atenção quando estou em alguma tarefa doméstica, ela vêm até mim e fica chamando, estendendo o bracinho, esperando. Ontem ela chorou porque brincamos por uns 20 minutos e fui preparar seu banho, ela queria mais!


Papai: Ela gosta de apertar seu umbigo e seu mamilo, porque ele sempre grita, ela adora o "causa-efeito"... Papai joga ela pro alto, ela gosta. Em geral ele tenta controlar suas traquinagens, e ela briga pra se livrar..rs


Avô paterno: Ela conhece bem, vai à casa dele todo sábado, e almoça lá. Abraça ele, joga lixo no seu prato, e ele deixa neh, o avós deixam tudo....


Avó materna: Bella não conheceu, ela faleceu antes da Bella nascer. Eu já falei da vovó pra ela, mas vou explicar direitinho conforme ela for crescendo, o quão importante ela foi para nós.


Avô materno: O vovô dá frutinhas e bisnaguinhas toda semana pra Bella, é a forma dele de dizer: te amo. Ele não é muito de abraços e demonstrações de afeto, mas a ama. Bella gosta do vovô, mas morre de medo que ele a leve embora...rs


Avó materna: Bella a conhece bem, já até dormiu com ela. Quando não estou por perto só que colo da vovó. A vovó é quem fica com a Bella quado está dodói, se eu não puder faltar.


Tio paterno: Esse tio da Bella é um tio que gosta de dar presentes, ele tem bom gosto.


Tio Materno/padrinho: Bella brinca com os tios, mas como não convive com eles não é tão íntima deles.


Madrinha: Quando mamãe está longe ela é um doce com a madrinha, mas mamãe perto ela quer mamãe mesmo. A madrinha está com a gente desde o nascimento, foi até a maternidade. Umas das poucas amigas sem filhos que não nos abandonou...


Na escola: Ela tem as tias preferidas, que fica com ela, e as tias da outras salas, que ela não curte muito. Percebo isso quando vou levá-la e entrego ela na escola.
As tias dizem que na escola ela bérra se não der a comida primeiro pra ela, berra se não der o leite primeiro, e assim vai...
Ciumenta, possessiva, controladora? Veremos com o passar do tempo.


Com estranhos: Ela em geral sorri para todos que dão atenção, em geral só fica com medo que eu a deixe, aí se volta para mim.


Com crianças: ADORA! Adora crianças, em especial dos 3 aos 7 anos, idade em que se movimentam muito, brincam, ela adora crianças nessa faixa de idade.

Ozzy: Bella adora o Ozzy. Quer brincar com ele, jogando a bolinha, dando seus brinquedos, até o teté dela ela já deu pra ele. Ela gosta de abraçá-lo, pegar nele (ele odeia). Ela gosta de mexer na ração dele, na água dele, e ele continua odiando isso... o que ele gosta nela é que ela dá muitas guloseimas à ele.

Isso é o que percebo de como têm sido o relacionamento da Isabella com o mundinho dela.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Juba rebelde

Isabella está começando a ter cabelos! Êeeeeee!!!!
Mas tá virando um ninho...

Quando lavo com shampoo e condicionador, penteio e ele fica macio, brilhante.
Mas é só uma noite de sono ou uma simples sonequinha que ele fica todo emaranhado e só uma nova lavagem para melhorar o aspecto. Por isso todo dia ela sai com o cabelo super bagunçado, porque dá dó dar banho tão cedo... e depois sair no ventinho (ainda mais no inverno).

Uso shampoo johnson e condicionador da turma da mônica. Acho que o cabelo fino é rebelde assim mesmo neh. Fica parecendo uma buchinha na parte de trás, na nuca, que é onde mais tem atrito quando ela dorme, no topo fica só bagunçado, mas contunua macio.

Alguma dica aí? Dias atrás a Re, mãe da Manu comento sobre isso, te passaram alguma dica Re?




as fotos foram tiradas com ela correndo pra lá e pra cá, não pára! Adorou esse troço de saber andar!
***********************

E sobre a tattoo, ainda não decidi qual farei nem onde.
Pensei em tatuar o pézinho dela, marido disse pra fazer na barriga, mas tá tão feia que vai parecer o pézinho no inferno!
Acho que farei no braço...
Em geral gosto de decidir na hora, com o tatuador, pois quem pensa muito não casa!

*****************

E quero parabenizar a Rô Santana, seu luquinha nasceu (acho que nasceu no dia 02 ou madrugada de 03/07) pois recebi uma mensagem sua avisando do nascimento!




terça-feira, 3 de julho de 2012

Homenagem do papai- 1º parte

Antes mesmo da Bella nascer sabíamos que faríamos uma tatuagem para ela, tanto eu quanto o papai.
Á uns 15 dias atrás ele foi riscar e daqui uns dias irá pintar, por enquanto está assim:

É na parte interna do braço, na parte externa já havia uma tattoo
E aí que fico mais ansiosa ainda pra fazer a minha! Mas agora Bella tá uma espoletinha, imagina ela tocando o terror no estúdio?

Obs: na postagem anterior a Bella está ao telefone (na verdade é o interfone), mas ela não fala nada além de alô, gosta de ficar escutando só!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Alô?

Alô?

Mamãe tá ocupada, liga mais tarde...
Ela vai me levar pra passear no parquinho, fui...

Num domingo à tarde em Sampa City


Teste de fralda: Ursinho Carinhosos (Sensi)

Final de semana foi maravilhoso, Bella está muito bem, se alimentando normalmente, brincou, andou bastante. Sábado fomos fazer uma US das vias urinárias, mas tudo está bem.

Recebi na última sexta-feira a amostra grátis da fralda dos ursinhos carinhosos para testar.
Desde que a Bella nasceu só havia revesado em outras duas marcas, mas desde seus 2 meses de vida tenho usado apenas uma marca de fralda, tanto que nem procuro outras marcas, vou direto à qual estou acostumada.
Mas essa fralda me surpreendeu. Ela não é plastificada (não gosto), tem o toque macio, o acabamento dela é muito bom, tem barreiras laterias. O fecho e reajustável. O tamanho M serviu bem na Bella (que está com 8.700 kgs).
Mas 30 minutos depois que coloquei a fralda, Bella começou a fazer o nº2. Aí nem pude testar a absorção de xixi, pois quando é cocô troco logo. Mas ela fez, sentou e tudo mais e não vazou nada, a fralda é bem segura, além de não apertar nas perninhas.





Bella aprovando a fralda (será que já planejava o nº2???)
 Bom, aí depois disso queria saber do preço. Se fosse mais em conta que a fralda que uso, compesaria comprar para usar no dia-a-dia, pois como a própria fralda diz, a absorção é de 10 horas e à noite Bella fica até 12 horas com a mesma fralda.
Mas numa busca rápida não encontrei a fralda... vou pesquisar com mais calma...rs

Boa semana à todos!