sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Brincando com o móbile

Minha gostosura brincando com o móbile:







As últimas:

Hoje fomos ao meu trabalho para assinar as férias, daí o pessoal pôde conhecê-la. Ela foi e voltou comportadinha, um anjo!
Ela melhorou da dorzinha de barriga, está fazendo cocô só 1 vez ao dia. Essa semana não estava aceitando muito bem a papinha, daí hoje dei a da nestlé e ela comeu 5 colheradinhas, ou seja, o problema era a papinha sem graça da mamãe. Confesso que fiz sem nenhuma inspiração e na correia, daí não saiu gostosa! Vou experimentar novas receitas, quem sabe.
Estou dando o mordedor geladinho pra ela mastigar, a gengiva está coçando.

O Ozzy está um pouco melhor nas mijações minuto-à-minuto. Agora ignoro seus xixis, ele está tendo livre acesso à Isabella, lambe, cheira, ela faz carinho nele, aquela coisa toda. Estou dando o máximo de atenção à ele, o tempo todo é carinho, chamego. Ele já pegou brinquedinhos da Isabella, eu deixei, vou tentar de tudo pra que ele se sinta importante para nós, como ele realmente é. Quando ele faz xixi no cantinho certo eu o parabenizo, essas iniciativas já deram um bom resultado, agora encontro por dia 1 xixi no lugar errado, antes eram muitos. Ainda não consegui falar com a veterinária, terei que ir ao consultório amanhã, para acertar a castração. Nada melhor que resolver as coisas com a cabeça fria neh.

Bom final de semana, bjão!


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O que foi ser mãe- Até agora

No ano de 2010 me sentí mãe pela primeira vez, gerando meu serzinho. A descoberta fez-me sentir diferente, mas ainda era a mesma Cláudia de sempre, com os mesmos gostos, preferências, prioridades. Ainda era a Cláudia orgulhosa e egoísta. Hoje ainda permaneço um pouco orgulhosa, mas o egoísmo deixei de lado.
Aprender com a vida é difícil. Aprender assim nos faz amadurecer mas também suga tudo o que há em nós. Durante a gravidez fui entendendo o que mudaria em minha vida, mas só percebi a reviravolta mesmo após o nascimento da Isabella. Na primeira semana nos conhecemos, a apresentação foi tímida, tudo fluiu bem. Após os 15 dias surgiu o complemento na amamentação e isso gerou dúvidas e frustrações, depois vieram as cólicas, Bella sofrendo e nós chorando juntas. Foi nesse período que senti de uma vez só: minha vida mudou completamente.
Nunca havia tido contato com crianças, bebês. Nunca segurei no colo, alimentei, coloquei pra dormir, nem ao menos brincava com crianças. Mesmo sem experiência alguma sabia que conseguiria dar conta da minha filha, porque seria minha. Mas nos primeiros momentos tudo foi bem difícil, e com o tempo a Bella foi me mostrando tudo como tinha que ser. Nos momentos difíceis eu queria sair correndo e ter minha vida de volta, trabalhar, estudar. Mas o tempo se encarrega de trazer novos dias, e dias melhores sempre virão. E eles realmente vieram.
A frustração que sentí no início era maior pois me questionava porquê me sentia assim se outras mães passam por isso numa boa, têm 10,12 filhos e tudo flui bem. Me sentia muito forte antes da maternidade, nunca pensei em passar por sentimentos tão desanimadores e acabar me entregando. Isso é algo que não me contaram na gravidez, que o pós-parto pode ser tão obscuro como foi o meu. Nem escrevi tanto no blog sobre isso porquê não queria registrar aqui esses sentimentos ruins, me sentia culpada por não estar saltitando de felicidade, sendo que desejei tanto esse momento.



Com o tempo entendi tudo o que passamos, entendi o que é amor incondicional, entendi o que as mães sentem. Com o tempo aprendi tudo o que precisava e hoje sou mais feliz que ontem e menos que amanhã.
Desde o início não me senti insegura com os cuidados que dava à Isabella, mas qualquer opnião que me davam eu levava em consideração, mesmo já tendo tentado e não ter dado certo, mesmo achando que não era aquilo, mesmo sabendo que quem falava não convivia com nós e não poderia saber o que precisávamos. Não digo isso das amigas do blog, pois vocês sabem tudo o que se passou, digo isso de familiares a "amigos", que não sabem nem metade do que se passou.

Sinto que estou muito mais segura como mãe com o passar dos dias, dos meses, pois agora não vou pela opnião dos outros nos cuidados com minha filha. No início eu acabava indo porque a falta de experiência me deixava insegura e para não contrariar a galera eu acabava cedendo...
Mas não levem à mal isso, não deixem de comentar no blog, seja para apoiar ou criticar. Digo isso pois hoje sei o que é melhor, o que funciona, o que a Bella gosta e por isso considero minha opnião mais importante que qualquer outra, seja do vovó, do pediatra, enfim.


Ser mãe é estar entre a cruz e a espada, e amar e sofrer, é sorrir e chorar. Mas tudo vale à pena, tudo. O amor é algo infinitamente grande e eu deixo tudo por ela, sem ressentimentos.
Amadureci muito em pouco tempo, e isso doeu, mas me trouxe uma capacidade de amar infinita!

Hoje sou melhor que ontem, mas amanhã poderei ser melhor, tudo por minha Bella Isabella.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Dia de rainha, na fraldinha

Esse último final de semana fomos para o litoral, mas não fomos à praia, fomos à casa da bisa.

Isabella fez um cocô monstro no domingo à tarde, foi bastante cocô, mas pastoso como sempre foi. Mas à noite ainda no domingo seu cocô ficou molenga, tipo ela soltou um punzinho e lá veio merdinha junto. Então no domingo foram duas vezes.
Ontem ela sujou a fralda 5 vezes, nada normal já que ela fazia dia sim/dia não. Além disso estava com a consistência aquosa, com aspecto de catarro (ai quanta coisa nojenta junto!) e pela manhã ficou bem manhosinha, provavelmente sentindo cólicas devido ao desarranjo intestinal.
Levei ela ao pediatra e ele disse que podia ser devido à alimentação. Passou soro via oral e simeticona pras cólicas. Dei o sorinho ontem à noite e ela acordou com a fralda limpinha, espero que melhore, vamos observar no decorrer do dia.
Bom, não sei se foi a água de lá (usei água daqueles galões de água mineral, vai saber...), não sei se foi o calor, mas acho que não foi a alimentação, pois faz 20 dias que ela come a mesma papinha, com os mesmos legumes.

Já perceberam que gosto de falar de cocô neh? É que acho importante observar tudinho na Bella...

domingo, 23 de outubro de 2011

Presentes dia das crianças


Urso da vovó


Chocalho da mamãe

Para registrar como foi o primeiro dia das crianças:
Fomos á casa da vovó, almoçamos lá. Isabella mamou e dormiu por 2 horas, após acordar comeu papinha de frutas e voltamos pra casa. Foi um dia tranquilo e gostoso.
Isabella ganhou apenas 3 presentes: 1 ursinho, 1 chocalho e um dim dim do vovô, pra comprar uma roupinha legal.
Esse ursinho toca uma música ao apertá-lo, mas é uma música muito estranha. Parece uma banda da mariates tocando uma serenata. É uma música em espanhol, não sei onde minha mãe achou legal essa música pra criança, mas ri muito quando apertei pela primeira vez...rsrsrs.

Bom, minha criança ainda é bem dependente da mamãe, então essa ano não pediu nada. Mas já imagino no ano que vêm...

Post atrasado neh? Maslembrei que esqueci de escrever...


sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Para Relaxar

A Isabella já encontrou sua forma de relaxar e não tem nada que a deixe mais tranquila que olhar o aquário do papai, de preferência no colo. Ela também aceita ficar no carrinho, mas tem dias que só aceita se for no colinho. O momento ideal para observação é à noite, pois as luzes do aquário atraem mais ainda sua atenção.
É um aquário marinho, que tem 3 peixinhos: 1 yellow tang e 2 palhacinhos (nemo). Mas há muita vida no aquário com os corais que se movem, mudam de cor e tal, passei a prestar mais atenção nele, a Isabella me mostrou o quanto é bonito. Mas ela tem o preferido dela:


O peixe amarelo que ela adora- yellow tang


Já até estendeu os bracinhos pra tentar alcançar o peixinho


Vidrada no aquário, fica assim por quase meia hora, todos os dias.
 O aquário tava meio sujinho no dia que tirei as fotos, estava cheio de algas no vidro. É que papai tá meio desanimado esses dias e não limpou ele, mas mesmo assim Bella adora. Enquanto a alga não tampar o vidro inteiro ela tá aqui, olhando o aquário.


Aquário limpinho à um tempo atrás


Ozzy no sofá observando a Bella...


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Para aliviar o coração da mamãe

Obrigada por todos os comentários do últimos post!
Sei que acidentes acontecem mas no fundo no fundo não consegui me perdoar.
Bella está bem, só não aceitou a papinha no almoço, quis a mamadeira. Acho que ficou mais manhosinha e nem insisti, dei o teté dela.
Depois do susto da queda a Bella me presenteia com essas imagens... Gravei ontem.
Linda filha, mamãe adora tudo isso!!!

video

Ela fez muito dá dá dá antes de começar a filmar, depois que pego a câmera ela fica interessada em pegá-la e esquece, e aí pára de fazer..rsrs

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Pior dia da Bella

E meu pior dia como mãe.
Sentimento de culpa, impotência. Poderia ter evitado, mas depois que passou não adianta ficar martelando.

Isabella caiu pela primeira vez.
Mas não foi uma quedinha de nada, foi um verdadeiro acidente! Ela caiu do trocador, de cabeça no chão. Caiu de uma altura de 1,20 mts + ou -, quem tem o trocador da burigotto sabe do que estou falando.
Mas como deixei isso acontecer???? Não sei cara... me virei pra falar com marido, mas eu e ele estávamos quase colados ao trocador e não pudemos evitar. Isabella impulsinou o corpinho com os pés de uma só vez, se jogando de cabeça no chão. Foi 1 segundo, nada mais que isso, talvez até menos que isso.
Perdi meu chão na hora. Marido ficou branco, tremendo, dirigiu igual doido pro hospital.
Aconteceu na terça (18) à noite, ás 20:30. Ela chorou, claro, mas depois que saímos ele se acalmou. Entramos no carro e ela dormiu. Sei que não pode, mas ela dormiu em pé, segurei ela em pé, balançando, conversando pra ela não dormir mas ela foi dormindo em pé. (é, ela foi fora da cadeirinha, mas nessa situação nem peguei a cadeirinha do carro).
Chegamos ao hospital e ao entrar na sala do médico a Bella vomitou todo o leitinho que mamou ás 19:30. Isso já era 21:10.
Ao ver o vômito a médica informou que seria necessária uma tomografia, para descartar qualquer problema. Só que no hospital não tinha o tomógrafo (ô convênio bom, só vemos isso na necessidade). Tinha que esperar vaga em outro hospital e aguardar ambulância. Enquanto isso Bella fez raio X e ficou no sorinho, porque não podia se alimentar até fazer a tomografia. Picaram a Bella 4 vezes pra achar a veia, nos dois bracinhos e duas mãozinhas, muito doloroso. Ficavam remexendo pra achar a veia, com a agulha já em seu bracinho. Ela chorou porque queria seu bercinho, queria a mamadeira, queria sair daquele lugar... em alguns momentos conseguia fazê-la distrair com o celular, passeando pelos corredores. Ela esboçava sorrisinhos, mas depois caía no choro, cansada de tudo aquilo.


Já pedi mil perdões à minha princesa


Acesso
 Chegou a hora de dormir e Bella pediu seu teté pra dormir gostosinho. Mas não podia dar e ela chorou muito. Sentí muita dor ao vê-la no chão depois de cair, mas também sentí muito ao vê-la chorar por fome! Fomos transferidos às 1:30 para o outro hospital, de ambulância. No segundo hospital aguardamos até às 03:00 pra fazer a tomografia e depois aguardamos até ás 06:30 pelo resultado. Isabella finalmente dormiu de tanto cansaço e de tanto chorar às 03:00 e foi até ás 06:30, graças à Deus. Ela se comportou muito bem apesar de todo o choro, consegui manter o acesso em seu braço, morri de medo de perdê-lo e inventarem de picar ela mais uma vez. Que dó vê-la sofrer tanto com tão pouco tempo de vida...
Eu e papai cansados sentados numas cadeiras de hospital por toda a noite, mas tudo isso não tinha problema desde que o resultado do exame fosse normal.
Para realizar a tomografia ela poderia ser sedada caso não ficasse quietinha na maca do aparelho. Sentí muito medo disso mas pelo meu bom Deus não foi necessária a sedação, forramos bem a maca e ela deitou dormindo e lá ficou durante todo o exame.
A tomografia não apresentou nenhuma alteração e  fomos liberados. Isabella finalmente pôde mamar ás 07:00, depois de 12 horas de jejum. Ela mamou pouco porque o leite estava frio, não encontrei um lugar pra amornar, tadinha.

Chegamos em casa e ela finalmente pôde mamar seu teté morninho e dormir seu sono tranquilo. Inclusive me deixou dormir por 3 horas de manhã, muito boazinha minha Bella.
A médica nos explicou que o vômito pode ser devido ao impacto que o cérebro levou, mesmo sem terem ocorridos maiores danos. Pediu para observar seu comportamento, se ficará bem em casa e qualquer alteração voltar ao médico.

Ela passou o dia bem, dormiu, mamou, comeu frutinha, suquinho, brincou, sorriu, conversou. Fico mais tranquila que ela esteja bem, nem imagino como seria se algo pior acontecesse. Agora ela dorme sua soneca da tarde. Essa semana vamos ficar agarradinhas, não vou para o curso amanhã e nada de escolinha por enquanto.

Agora passou, que jamais acorra novamente.
E o post que publiquei hoje estava programado, nessas horas Bella e eu dormíamos.

Achamos a Touca do Chaves!

Estava procurando esse modelo de touca há meses já, mas encontrei. As outras touquinhas da bella descobriam a orelhinha, que é a parte mais sensível ao vento gelado. Daí encontrei esse modelinho de touca que proteje melhor, adorei.




E o modelito do último sábado


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Primeiros passos para a independência


É, minha filhota cresce, se desenvolve, e muita coisa vai ficando pra trás.
Cada dia uma nova descoberta, cada dia uma nova habilidade adquirida.

Os três primeiros meses foram muito difíceis para nós, ela sofrendo para se habituar nesse mundão, sentindo dores, passando pelo período das cólicas, muitos gases... eu sofrendo por vê-la sofrer, chorando junto, se desesperando, arrancando os cabelos - a maioria caiu sozinho. Pensei que não tinha nascido pra isso, que não poderia ser uma boa mãe, porque minha filha sofria e eu não sabia como acalmá-la. Tentei de tudo para aliviar suas dores, seus medos, e não sabia se estava acertando, se era o melhor, seguia meu coração. Conversava com ela explicando que eu não poderia sentir sua dor, pois se pudesse com certeza traria para mim. Mas esse período difícil foi necessário, a dor foi necessária, para seu desenvolvimento, sua interação no mundo. Também foi um período de muitas descobertas, nos conhecemos, nos apaixonamos uma pela outra- ao menos da minha parte estou certa disso- e a amor aflorou em nós.

Após esse período difícil colhemos os frutos: Isabella é um bebê maravilhoso. Se ajustou à rotina, desenvolveu muitas habilidades, se adaptou no berçário. Me surpreende à cada dia, me faz muito feliz. Se tive dúvidas sobre ser mãe já não tenho mais, tenho certeza que foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida!

E minha filha cresce, se desenvolve, cria novas habilidades... já quer mamar sozinha, especialmente o finalzinho, que fica mais leve. Pega os brinquedos ao seu lado, passa de uma mãozinha pra outra. Faz carinho na mamãe, nos cabelos. Tira o óculos da mamãe, mastiga, joga no chão. Já faz coisas sem a ajuda da mamãe, que lindo!
Daqui uns dias posso ouvir:

Mãe, me empresta o carro?

Ozzy e o ciúme II

Eu sabia que ao escrever o último post sobre o Ozzy - a ainda mais com a fotinho dele- iria atrair as seguidoras que gostam e têm animais em casa, por isso sabia que não receberia comentários de apoio à doação.
Mas eu agradeço muito os comentários, pois percebi que todas tiveram o cuidado de expor sua opnião contrária com muito carinho, exceto pelo comentário anônimo que compara meu cachorro à minha filha, coisa que pra mim não tem comparação!

Por enquanto não tomei nenhuma decisão, só estou tentando educá-lo para tirar esse mal comportamento. Não sei se obterei êxito, mas acredito que devo tentar de todas as formas mantê-lo conosco. Tirá-lo de nós traria sofrimento para todos os envolvidos e gostaria muito, de verdade, que a Isabella pudesse crescer e se desenvolver com ele.

Nós já conseguimos uma vez educá-lo. Quando chegou em casa demorou 2 meses para aprender a fazer as necessidades no seu cantinho, mas com paciência conseguimos. Só que dessa vez não é porque ele não sabe onde fazer, mas porque quer fazer no lugar errado, pra chamar atenção. Por isso acho mais complicado.

Já havia pesquisado sobre a castração, e a opinião mais forte é que a castração evita a marcação de território, mas quando o cachorro já marca território ela pode não ser tão efetiva, pois já criou-se o hábito. Vou conversar com a veterinária dele sobre a castração, se ela indicar com certeza vou tentar essa alternativa. No último post vim no calor do momento desabafar, queria me livrar dele na hora da raiva, mas claro que devemos pensar bem e tentar todas as alternativas antes de tomar uma decisão assim.

Continuamos dormindo no sofá... isso não é problema, desde que a gente consiga resolver essa situação.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Ozzy e o ciúme

Ozzy é ou não é uma coisa fofa???
Mas...
Essa coisa fofa está me tirando do sério!!!!

Após o nascimento da Bella ele se comportou lindamente, fiquei sossegada porque ele respeitou o espaço da Isabella. Ele só latia quando ela estava dormindo mas não por ela, mas porque ele sempre latiu com qualquer barulho que venha do hall de entrada.

Até aí, tudo bem. Sempre demos bastante carinho para que ele não sentisse a diferença de antes e depois da Isabella. Ele sempre teve livre acesso à todas as áreas do apto e continuamos deixando ele solto, transitando até no quarto dela.

Quando a Isabella completou 3 meses e todo aquele período crítico chegava ao fim o Ozzy resolveu inovar:passou a marcar território (coisa que ele nunca fez) em todos os cantos do apto. (leram bem: apto todo mijado!). Todos os dias eram 5 ou 6 mijadinhas espalhadas pela casa e eu atrás limpando. Os locais preferidos para o xixi são: carrinho (qualquer uma das quatro rodas) e cadeira de amamentação. Fiquei possessa com isso, mas percebi que ele faz mais quando estamos em casa, se saio é mais difícil encontrar os xixis, então pensei que, quando voltasse a trabalhar as coisas poderiam melhorar.
Mas essa semana acontece algo que me deixou P%# de raiva: Ozzy fez xixi na cama, na minha frente! Na hora joguei os lençóis no chão pra tentar salvar o colchão, mas o desgraçado mijou tanto que penetrou no colchão tb. Corri com esponja e pinho sol, esfreguei, sequei com secador, depois joguei água sanitária(melhor estragar o colchão que dormir no xixi). Deixei as janelas abertas pra ventilar e ajudar a secar, mas ainda ficou manchado. Nessa noite não dormimos na cama, nem mesmo o Ozzy quis dormir lá.
Agora ele só tem acesso à sala, a cozinha, quartos e banheiro estão fechados, me dá dó deixá-lo num espaço tão restrito assim, mas cansei de limpar xixis por toda a casa.

Quando ele começou com os xixis por toda a casa já pensei: tenho que achar um novo lar pra ele. Mas agora tenho certeza disso. Só que ele não é só meu e meu marido discorda totalmente em doá-lo pra alguém, mesmo depois da mijação na cama. Até anunciei num site especializado e apareceram mais de 50 pessoas interessadas, mesmo eu exigindo que a pessoa tenha casa, que permaneça com a ração premium que ele come, porque não quero que ele sofra muito com a mudança.

Não sei o que fazer para parar a mijação, pois ele mija na nossa frente mesmo, pra mostrar que está mijando, pois quer chamar a atenção. Se brigo com ele aí alcanço seu objetivo: de chamar atenção.
Daí que por isso estou limitada. Pretendo comprar um andador pra Isabella, mas ela não poderá sair do seu quartinho pra andar, pois não pode ficar pisando em mijadas neh? E quando começar a engatinhar? E quando começar a andar? Não posso limitar minha filha por causa do Ozzy.
Se fóssemos somente eu e marido teria paciência de tentar de tudo pra mudar a situação, mas a Bella está crescendo e precisa de espaço, prescisa ser livre pra brincar.

Sinceramente, eu já teria doado ele. Sei que muitas pessoas que têm animais podem achar que estou sendo ruim, mas na verdade estou sendo prática. Não abandonaria ele jamais, encontraria uma família que estivesse disposta a aceitá-lo mesmo nessas condições. E como ele é de raça, tá cheio de gente querendo.

Bom, eu já passei a dormir no sofá, agora se ele quiser estargar o sofá também vou acabar indo dormir no berço com a Isabella, pois lá ele não alcança...
Que dó, colchão novinho, comprei nas vésperas da Isabella nascer...

Bom, hoje tem pediatra, vou lá. Bom final de semana!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Bella e o cocô

Eu e a Isabella desejamos uma ótima semana à todos, é a semana das crianças!!!

Os últimos dias têm sido ótimos, tempo ameno em São Paulo, Isabella está super esperta, dormindo bem, estamos brincando muito.
Mas este final de semana ela ficou com o intestino preso (que assunto ein mamãe, abrindo minha intimidade assim!).
Já havia comentado que após introduzir as papinhas me surpreendi porque ela passou a fazer cocô todos os dias. Mas nos últimos 2 dias está com o intestino preso, faz muita força várias vezes ao dia, ás vezes não sai nada e ás vezes sai pouca coisa, em forma de bolinha, está muito consistente, bem diferente do que era. A única coisa que mudei na papinha de sábado foi a introdução de 1 folha de couve, será que isso pode ter prendido o intestino? Nunca ouvi dizer que prende, muito pelo contrário. Fiquei preocupada pois o bumbum ficou bem vermelhinho, dá pra notar que está irritado, por isso reforcei a pomada pra assaduras.
Dei suco de laranja lima c/ mamão e melão c/ ameixa e pêra raspadinha, mas ainda permanece com o intestino preso. Não dei a papinha hoje, dei só suquinho pra ver se solta mais o intestino. Vamos aguardar pra ver.
Ontem notei que o narizinho estava escorrendo secreção, mas ela está espertinha e a temperatura em 36,5º, tudo normal.


No mais, tudo está ótimo! Boa semana à todos, bjão!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Papa salgada e adaptação no berçário

Iniciamos a papa salgada no sábado (01/10), quando a Isabella completou seus 5 meses.
Preparei duas papinhas diferentes para experimentar:
  • 1º) beterraba, xuxu e mandioquinha (somente sal)
  • 2º) cenoura, batata e abóbora (sal e azeite)
Começamos com a papa somente de legumes, vou acrescentar carne no cozimento após 15 dias e pedaços de carne somente daqui um tempo (quando eu tiver coragem de dar pedaços).
Acho que a combinação não foi tão legal neh? Porque deveria colocar um legume de cada cor. Mas apesar disso tenho que dizer que a papa salgada foi um sucesso! Eu bati as duas papas no liquidificador, acho que deveria apenas amassar neh, mas tenho medo de dar pedaços... Fiz uma quantidade que coube em 6 potinhos (todos esterelizados) que coloquei para congelar para a semana toda. Quando voltar a trabalhar terá que ser assim congelada, agora até posso fazer ela fresquinha.

No sábado a Bella jantou a papa nº1, comeu umas 6 colheradas, sem fazer careta, foi um grande sucesso, já que com a introdução das frutas ela recusou algumas vezes e comia menos até.
No domingo almoçou a papa nº2 (comeu bem, raspou o potinho) e na segunda a n°1 novamente (comeu menos, mas havia tomado vacina).
Ontem ela foi pra escolinha e enviei a papinha pronta, ela comeu tudo! E hoje comeu umas 6 colheradas.



Então o saldo foi positivo, muito bom! Percebi que ela gostou mais da papa de cenoura.

Com a papa salgada ela toma água, está aceitando melhor alguns ml's de água. Outra coisa que notei é que ela está fazendo cocô mais vezes, antes era 2x por semana e agora está sendo todos os dias, está mais pastoso e o cheiro nota-se de loooonge! rs.

**************************

Quanto à adaptação na escolinha:
Isabella está indo muito bem. Se alimenta bem, está com o comportamento normal.
Acho que eu comecei à colocá-la mais no colo quando está em casa e ela está querendo ficar no colo mais tempo -por culpa minha mesmo.
Está dormindo melhor na escolinha e por isso voltou à acordar ás 06:00 aqui em casa. Nos primeiros dias na escola ela ficava acordada de dia e dormiu das 22:00 às 08:00 direto,um sonho. Mas tudo bem, acordar às 06:00 é uma vitória também.
Hoje estamos em casa, aproveitando o dia gostoso.
E esses foram os últimos acontecimentos.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Falta de equilíbrio- Madeiraaa.....

Hoje o dia foi corrido, fui pro curso, Bella na escolinha. Amanhã vamos ficar em casa juntinhas, daí volto aqui para contar como está sendo esses últimos dias de adaptação na escolinha e da introdução de papinha salgada.
Quando ela vai pra escolinha aproveito para fazer tudo que está pendente, daí acabo nem acessando a net.

Esses dias cliquei isso:

Compenetrada na TV


Ops, o controle caiu, vêm cá controle!


Mamãe, tô caindo...


Mamãe???!!!!


E acabou assim...
 Que mamãe má! Me deixou cair e deu risada! Mas logo ela me levantou, odeio ficar de bruços.


Até amanhã!

sábado, 1 de outubro de 2011

5 Meses da Princesa!

Hoje Isabella completa 5 meses de muita fofurice nesse mundo!
Essa gatinha está cada dia mais esperta, mais linda, mais graciosa, um amor de filha.


Mas que bola enorme mamãe comprou pra mim!


O bebê na foto atrás é o papai


No último mês:

- Ela já fica sentadinha sozinha, deixamos com apoio, mas ela coloca o corpinho pra frente.
- Sustenta todo o peso do corpo nas perninhas, só seguramos ela pela mão, pra não cair para os lados.
- Experimentou várias papinhas de frutas diferentes, e já têm a preferida: ameixa e manga.
- Elegeu o suco de melão como o preferido
- Começamos a usar eventualmente o bico maior da mamadeira, para bebês acima de 6 meses. É que o bico menor estava entortando na boca da Bella, ela usa o bico ortodôntico.
- Dá muitos gritinhos.
- Baba muito mais agora.
- Aprendeu a fazer barulho com a boca e a baba, fica fazendo caminhãozinho.
- Deu sua primeira gargalhada, daquelas de fazer xixi nas calças (ou melhor, nas fraldas). Quem fez ela gargalhar foi o papai (mamãe não conseguiu) e o Ozzy também já o fez.
- Começou no berçário- Ô dó!
- Passou a usar fraldas M.
- Aumentou a ingestão de leite a cada mamada (de 90 ml para 120 ml) e mama com intervalos maiores (às vezes de 2h, ás vezes de 4h)
- Deixou de mamar no seio da mamãe, a fonte secou, só tem uma gotinhas e ela não tem paciência.
- Está dormindo melhor à noite, dorme períodos de 8 horas seguidas.

Tentei pegar a gargalhada dela, mas no vídeo só saiu os gritinho....



E vai tomar vacina na segunda-feira, dia 03/10, ainda bem que este mês as vacinas são mais brandas.
Hoje vou comprar vários legumes para fazer a primeira papinha salgada, volto para contar como foi a experiência.

Na escolinha vai tudo bem, ela até comeu pêra (que eu havia tentado dar em casa e ela não aceitou). No primeiro e segundo dia dormiu pouco na escola, mas no terceiro dia já tirou uma soneca de 2 horas, daí chegou em casa no pique total.

Cada dia estou mais apaixonada por essa boneca!  Aqueles dias de muito choro, colo o dia todo, dores, cólicas, prisão de ventre, noites sem dormir.... passou! Isabella é um bebê adorável, uma criança maravilhosa. Só tenho que agradecer à Deus por esse presente maravilhoso!